22
set
12

as estrelas e seus nomes

Imagem: AstronomyOnline.org

Particularmente, me agrada saber os nomes das estrelas. Saber que da minha janela vejo, neste início de primavera, a Canopus e a Sirius. E que diante dos meus olhos se encontra a constelação de Camaleão, tão pequena e camuflada, à sua própria maneira. Também me agrada saber por onde andam Marte e Júpiter, saber que é quase impossível ver as mais próximas da linha do horizonte. Olhar para as estrelas, numa forma bastante simplificada de comparação, é como ver um show realizado nos anos 70, de uma banda que você gosta, mas que está assistindo pela primeira vez: o que vê agora inédito aos teus olhos, já aconteceu há muito tempo.

Estrelas são história, nossa e do Universo. São, sim, passado, mas também presente, pois nos é apresentado hoje.

Que seria o passado de uma estrela senão brilho, fraco ou intenso, nos banhando, como uma bagagem histórica a cintilar no negrume do vazio espacial?

Pensando bem, por que me agradaria saber nomes de estrelas quando sua grandeza reside no anonimato?

E, caso fosse necessário, eu mesmo poderia nomear um punhado delas. Chamá-las pelos nomes mais belos, nomes de pessoas importantes em minha vida e que já se foram, como uma homenagem. Homenagem essa tanto às estrelas quanto aos que se foram. As possibilidades são infinitas.

Infinitas são, também, as chances de vermos além do pequeno ponto a reluzir, como se cada uma delas fosse um buraco de fechadura e que bastasse um olhar através dele para ver inimagináveis cenários, mundos além da nossa concepção, ou um lugar agradável, onde nos sentiríamos bem. Apenas bem, nada mais.

Eu poderia achar que aquelas luzes, pontos dardejando nossos olhos com brilho cósmico, de algum modo gostassem de me observar como gosto de observá-las. Será possível que queiram saber meu nome, saber por onde ando. E se quisessem se manifestar? Romperiam a dúvida de séculos, cuja essência se oculta atrás de uma mera pergunta? Também elas vivem de olho em nós?

Ah! Pudera eu ser amigo das estrelas. Conhecer cada uma delas e jamais esquecer um só nome. Pudera eu ser amigo das estrelas. Me agradaria mais ainda saber seus nomes, saber tudo sobre elas. Tudo, não menos que tudo.

Particularmente… me agradaria.

.

..

….

Anúncios

3 Responses to “as estrelas e seus nomes”


  1. setembro 22, 2012 às 4:44 pm

    Belo texto, Luciano. Parabéns!

  2. setembro 26, 2012 às 7:23 pm

    Olá, Luciano!
    O céu, inspirando poetas, artistas, escritores e, claro, os astrônomos [esses seres magníficos!]. Meu céu favorito [posso dizer assim] é aquele que tem Órion, Touro e as Plêiades… É esse céu a minha inspiração.

  3. fevereiro 4, 2014 às 3:10 pm

    Ola céu maravilha você é lindo e iluminante mais eu preciso de outro céu.
    Eu estou precisando de céu mas iluminante para fazer trabalho de casa.
    se poderias me mostrar outra estrela mais iluminante eu ficaria te muito agradecido.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


ALGUNS DIREITOS RESERVADOS

UMA FICÇÃO

...seu tema é a relação entre a realidade do mundo que habitamos e conhecemos por meio da percepção e a realidade do mundo do pensamento que mora em nós e nos comanda. O problema da realidade daquilo que se vê — coisas extraordinárias que talvez sejam alucinações projetadas por nossa mente; coisas habituais que talvez ocultem sob a aparência mais banal uma segunda natureza inquietante, misteriosa, aterradora — é a essência da literatura fantástica, cujos melhores efeitos se encontram na oscilação de níveis de realidades inconciliáveis.

..................................

- CONTOS FANTÁSTICOS DO SÉCULO XIX (Ítalo Calvino)

..................................

MEUS BLOGS

TWITTER ME

  • RT @HistoryTime_: "If your only goal is to become rich, you will never achieve it" - John D. Rockefeller, became the world's first billion…... 2 weeks ago

TEMPUS FUGIT

setembro 2012
D S T Q Q S S
« jul   abr »
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30  

QUANTAS VEZES VIERAM

QUANTOS JÁ VIERAM

  • 9,282 Visitantes desde Julho de 2008

Parceiros Fantásticos

Seja fã no BlogBlogs

BlogBlogs

%d blogueiros gostam disto: